Buscar
  • Andef Niterói

Como não ser um profissional da Educação capacitista


Com a volta as aulas em algumas escolas, vem conferir esse post incrível!

.

"1. Sabemos que é desafiador receber uma primeira criança com deficiência sem ter sido capacitado para isso, mas você acha que a solução é recusar a criança? Acho que não! A solução é você buscar conhecimento e entender que, todas as crianças são diferentes, independentemente, de terem deficiência ou não.

.

2. Passei por isso e é horrível! Minha deficiência é física e não tenho nenhum problema com sol ou barulho, mas... Perdi as contas de quantas vezes fiquei sozinha na sala lendo alguma coisa. Professor mantenha, sempre que possível, a criança com deficiência junto com os colegas, mesmo que a atividade dela seja outra.

.⠀

3. Comparação faz mal para todos da turma. E, a deficiência, não deve ser usada para motivar ninguém. Deficiência é a condição de uma pessoa, e só!

.⠀

4. "Porque o aluno com deficiência é muito esforçado". Fazer o dever de casa, entregar as tarefas no prazo, tirar boa nota, etc, é a obrigação dos alunos. Portanto, obrigação do aluno com deficiência também.

.⠀

5. O melhor jeito é perguntando para ele! Ouça a pessoa com deficiência. "Nada por nós sem nós!"

.⠀

6. O seu aluno não tem um probleminha! Ele tem deficiência, ok?

.⠀

7. Não há nada de extraordinário em um aluno com deficiência tirar melhor que outro aluno. Pessoas com deficiências podem ter aptidões, talentos, facilidade em certas matérias, que outras pessoas não têm. Simples assim!"

.

Entenda que ao ensinar um aluno com deficiência você está diante de um futuro profissional. Inclusive ele pode vir a ser seu colega de profissão, então não duvide da capacidade de nenhuma pessoa.


Fonte: @janeladapatty

.

#andef#andefniteroi#pessoacomdeficiencia#acessibilidade#inclusao#capacitismo#niteroi#niteroirj#inclusaoparatodos#educacao#escola#educacaoinclusiva#crianca

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo